Conteúdos Abordados

Direção Coral
    

  1. Técnicas básicas de ensaio:

    1. Afinação;

    2. Timbre;

    3. Equilíbrio;

    4. Compreensibilidade do texto;

    5. Fonética adaptada ao canto coral;

    6. Precisão rítmica;

    7. Versatilidade dinâmica.

  2. Técnicas de direção:

    1. O gesto e a expressividade;

    2. Domínio do gesto;

    3. Gesto e andamento;

    4. Gesto preparatório;

    5. Dinâmica, fraseado, articulação, afinação e timbre pelo gesto.

  3. Análise e interpretação.

 

 

Técnica Vocal
    

  1. Relaxamento e ativação;

  2. Trabalho postural;

  3. Articulação;

  4. Respiração;

  5. Vocalização;

  6. Tessitura e registração;

  7. Colocação e ressonâncias;

  8. Homogeneização e afinação;

  9. Fraseado, dinâmica e expressividade.

Repertório

O repertório do curso é enviado a todos os inscritos alguns dias antes do início do curso. No primeiro dia, cada participante ensaiará e dirigirá uma ou várias peças à sua escolha de um repertório de trabalho adequado às suas capacidades e experiência.

O número de peças que compõem o repertório proposto é superior ao que se poderá apresentar no concerto final de curso e engloba todos os estilos e épocas, desde a Ars Nova, Renascença, Barroco, Classicismo, Romantismo, Modernos e Contemporâneos, permitindo a escolha de um programa eclético para o concerto final.

Os participantes podem trazer peças à sua escolha para serem trabalhadas durante o curso e apresentadas no concerto final.

No curso de Direção Coral propor-se-á a cada formando a interpretação de uma ou duas peças, baseada na sua análise formal e estilística, e que será realizada apenas por recurso ao gesto técnica e expressamente correto. Sublinha-se que a interpretação exclusivamente pelo gesto constitui a essência da escola holandesa aqui representada, na qual o diretor coral ou de orquestra é executante, portanto o responsável por todos os aspetos musicais no momento da execução, e não apenas ensaiador.

Este curso pretende lançar as bases de uma Escola de Direção ativa, que forneça as bases teóricas e técnicas imprescindíveis para a formação de “maestros” capazes de dirigir tanto coro como orquestra.